//
you're reading...
Análise de Episódios, Warehouse 13

Sobre Warehouse 13 4×09 – The Ones You Love


No episódio passado, quase que visitámos o fundo do poço. De toda a temporada, foi o episódio mais desequilibrado e sem graça que alguma vez vi. No entanto, esta semana, como se nada se tivesse passado, a série volta a surpreender(-me) com uns excelentes 43 minutos e um cliffhanger ainda melhor.

Ora, como leitor bem sabe e como tenho referido muitas vezes nas minhas críticas, “Warehouse 13” tem conseguido reescrever toda a sua história e todas as suas personagens e colocar, na corda bamba, tudo aquilo que alguma vez experienciámos e ousámos sonhar. E este episódio é a clara prova que reinventar faz bem e foi a melhor coisa que a série fez até ao momento.

Pois bem, a ameaça do irmão Adrian continua bem viva e é Artie quem sofre com tal ultimato. Já no episódio passado tinha sido colocado em cheque com Mrs. Frederic e HG Wells e, agora, volta a ficar preso, no armazém, com o seu arqui-inimigo. Mas a ameaça deixa de ser sobre Artie e passa a estar sobre os entes queridos de toda a sua família… Adrian promete matar todos até que o Astrolábio seja, de novo, usado para restaurar a outra linha temporal mesmo que isso signifique a perda de toda a esperança e de um armazém que sempre guardou, com tanto carinho, os desejos de poder do ser humano.

Avisada que está a equipa, cada um parte para ir visitar o seu ente querido que está em perigo: Myka visita a sua irmã que parecia possuída, Pete visita a sua ex-mulher que, por causa de uma tatuagem, se estava a transformar numa bomba relógio e Claudia segue para Menlo Park para visitar o seu irmão Joshua para o encontrar completamente inundado em âmbar.

É certo que todos conseguem resolver estes pequenos problemas mas toda a gente estava alheia àquilo que se estava a passar no armazém e à descoberta de Mrs. Frederic e Jinks. Ora, esta dupla algo inesperada, viaja até ao Vaticano para entrar na biblioteca perdida da Irmandade e os encontrar presos, num quadro. E, para além de todos aqueles que nunca ouvimos falar e cuja função era proteger aquele local secreto, vemos surgir, no fim, Adrian, o homem que, alegadamente, tem perseguido Artie durante todos estes episódios. Afinal, tudo aquilo que vimos até agora não passa de uma realidade da cabeça de Artie, algo que ele não pode controlar. Afinal, o grande Mal que temos estado a ouvir dizer que existe desde que o Astrolábio foi usado não passou do grande episódio psicótico pelo qual Artie está a passar. Todos os roubos, todas aquelas aventuras para descobrir o porquê do roubo dos artefactos e, mais ainda, como é que se conseguia roubar tal coisa de um espaço tão bem guardado não passaram de uma ilusão.

O grande Mal que não se consegue controlar não é mais do que uma doença mental que, no fim, quase que instantaneamente, obriga aquele que a tem a reutilizar o Astrolábio a repor tudo no seu devido sítio. Não é preciso que se diga para o voltar a utilizar… o próprio artefcto já vem armado com esse truque. E o que resta depois deste episódio psicótico, onde fazemos o recap de todas as situações e vemos nada mais além de Artie a delirar? Um homem com um único objectivo: voltar ao normal nem que para isso tenha de matar quem se meta à sua frente. Pobre Leena que, devido à sua enorme empatia para com as pessoas, acaba por ser um dano colateral deste jogo no espaço-tempo… Um jogo tão perigoso que não olha a quem cai pelo caminho. E se se perdeu a esperança, quando o armazém foi destruído, então onde está ela agora?

About Jorge Pontes

Viajar é nascer e morrer a todo o instante, até porque é fácil apagar as pegadas. Difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Biblioteca

Calendário

November 2012
S M T W T F S
« Oct   Dec »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
%d bloggers like this: