//
you're reading...
Being Erica, Espelhos

Being Erica #8


Ter amigos é das melhores coisas que um ser humano pode ter na vida. A sua vida social baseia-se muito nestas pessoas que partilham uma série de interesses e que se sentem confortáveis e felizes na companhia de outros.

Amigos que se podem considerar verdadeiros amigos, não se encontram em qualquer esquina. Vão-se “fazendo” ao longo de muito tempo. Mas o teste mais importante não é saber em que é que o outro é bom, no que é que o outro sabe mais que eu, no que é que ele fez ontem, enfim. O verdadeiro teste é a forma como cada um lida com uma separação. A distância é, talvez, um dos piores factores que condiciona uma relação… Afinal, estão longe um do outro. Afinal, não podem conversar todos os dias cara-a-cara. Afinal, não podem rir, sorrir, chorar, entreter, viver como viviam antes. No entanto, se a amizade for tão grande, tão forte, sobrevive. Sobrevive à maior distância. Sobrevive, simplesmente.

Os amigos até podem escrever cartas uns aos outros. Por pura brincadeira ou porque simplesmente se amam, falam como se se conhecessem desde pequenos, falam como se tivessem passado 15 anos nas vidas uns dos outros. Embora as palavras valham muito, o gesto de cada dia, o de abraçar alguém, o de beijar alguém, o de fazer rir alguém, são aqueles que realmente contam para nos sentirmos completos. Que importa escrever bem se não há um gesto carinhoso à nossa espera? Que importa saber expressar sentimentos no papel se, na realidade, não os conseguimos expressar cá fora? Que importa palavras bonitas?

Algumas palavras perdem-se no tempo.

Os gestos de cada dia e, mais importante ainda, os verdadeiros amigos são intemporais e imortais.

About Jorge Pontes

Viajar é nascer e morrer a todo o instante, até porque é fácil apagar as pegadas. Difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão.

Discussion

2 thoughts on “Being Erica #8

  1. Adorei este Post!!😄

    Posted by Pegadas no Desconhecido | June 15, 2011, 11:35 PM
  2. “Que importa saber expressar sentimentos no papel se, na realidade, não os conseguimos expressar cá fora?”

    Posted by Catarina Almeida | August 2, 2011, 10:36 PM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Biblioteca

Calendário

June 2011
S M T W T F S
« May   Jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
%d bloggers like this: