//
you're reading...
$#*! My Dad Says, Análise de Episódios

Análise: $#*! My Dad Says S01


Alguns comentários referentes aos episódios da primeira temporada de “$#*! My Dad Says”.

$#*! My Dad Says (1.01) – A comédia com o nome mais estranho que já vi, estreia na CBS com William Shatner no principal papel. Devo dizer que é só por causa do Shatner e por ser da CBS que estou a ver… Foi um piloto fraco, sem essência nem brilho. Esperava mais do que um filho a regressar à casa do pai e todas as suas batalhas só para lá ficar…

$#*! My Dad Says (1.02) – Um bom episódio onde, finalmente, temos o humor da CBS bastante presente. A luta pela instalação da Internet naquela casa conseguiu criar momentos cómicos e interessantes. Fiquei mais “cheio” por ver este episódio e, sim, fica na minha lista semanal de comédias.

$#*! My Dad Says (1.03) – Um episódio muito bom que contou com momentos hilariantes. William Shatner não está no seu melhor mas é o que aguenta a série. De resto, Henry fica a saber a razão do divórcio dos seus pais e Ed desabafa com a pessoa mais imprevisível que podia haver. Entretém.

$#*! My Dad Says (1.04) – Um episódio que se focou nos relacionamentos amorosos de Henry. Claro está que Ed teria de ir atrás proprocionando uns momentos bastante cómicos, por exemplo, o karaoke de Ed. Demais!

$#*! My Dad Says (1.05) – O melhor episódio da série até agora! Ri-me até ao último minuto não só porque a situação mostrada foi das mais cómicas que vi em comédia bem como todo o encadeamento da premissa do episódio ter sido cinco estrelas! Finalmente, a série está a mostrar o seu potencial e ninguém melhor que William Shatner para o fazer!

$#*! My Dad Says (1.06) – Um episódio que divertiu. Este andou mais para o lado dramático/familiar não pondo de lado as piadas normais de Ed. Sólido, light e que, simplesmente, entretém.

$#*! My Dad Says (1.07) – Excelente episódio! Ouso dizer, o melhor até agora. Tivémos Ed a exceder as expectativas, Henry com um novo objectivo e Vince dramático. Todas as histórias colidem dando aquele que foi um fantástico episódio.

$#*! My Dad Says (1.08) – Ed lida com a homossexualidade. Episódio interessante, consistente, muito cómico e com piadas à CBS. Uma série com potencial que, a cada semana que passa, me deixa mais curioso sobre o que passará a seguir.

$#*! My Dad Says (1.09) – Desejo que a série continue tão boa ou melhor quanto mostrou nestes dois últimos episódios. Uma comédia com toques dramáticos que só servem para deixar a história e a evolução das personagens cada vez mais vincada. Desta vez, Vince desejou. Ed cumpriu.

$#*! My Dad Says (1.10) – Disputas entre vizinhos, a cobrir o penúltimo episódio antes do Fall Finale. Foi razoável e medianamente dinâmico. Entreteve, nada mais.

$#*! My Dad Says (1.11) – Não pegando na temática do Natal, trouxe-nos um episódio bom com a temática da família. Momentos de boa comédia que proporcionaram 20 minutos de puro entretenimento.

$#*! My Dad Says (1.12) – Ed luta pelas suas posses num episódio que entreteve e serviu para esboçar alguns sorrisos. Um regresso morno.

$#*! My Dad Says (1.13) – Um episódio que nos leva a reflectir sobre a família e a importância dos pais nos momentos mais importantes da nossa vida. Quase que saltava algumas lágrimas no final. Tocou-me.

$#*! My Dad Says (1.14) – Ed torna-se presidente. Ed torna-se um galã. Ed explora o mundo do romance. Proporcionou bons momentos e entreteve. Será que a série descobriu o seu caminho?

$#*! My Dad Says (1.15) – Ed avança no romance. Ed proporciona momentos de alta piada. A série descobriu, mesmo, o seu caminho. Episódios como este elevam a qualidade da história e o interesse.

$#*! My Dad Says (1.16) – Os ciúmes tomam conta de Ed. Vince e Bonnie avançam com a inseminação artificial. No entanto, achei esta segunda história um pouco forçada e ainda não percebi o seu propósito… Falta de criatividade? Ed salvou o episódio. Ao menos ver Shatner mascarado de passado fez-me soltar umas belas gargalhadas!

$#*! My Dad Says (1.17) – Um episódio que nos dá uma perspectiva interessante sobre o roubo nos bairros. É, igualmente, um episódio que marca a nova relação de Ed.

$#*! My Dad Says (1.18) – O final da temporada. Um episódio que me deixou colado ao ecrã durante os 20 minutos e que não parou de me surpreender. O minuto final foi o suficiente para nos deixar a pensar. O final foi apenas o bilhete para voltarmos na segunda temporada. E é com alegria que vejo a série crescer e a evoluir e tomar o rumo que lhe favorece.

About Jorge Pontes

Viajar é nascer e morrer a todo o instante, até porque é fácil apagar as pegadas. Difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Biblioteca

Calendário

February 2011
S M T W T F S
« Jan   Mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  
%d bloggers like this: