//
you're reading...
Análise de Episódios, Fringe

Sobre Fringe 3×04 – Do Shapeshifters Dream of Electric Sheep?


Pergunto-me que se terá passado esta semana com “Fringe”… É impressão minha ou “Fringe” perdeu um pouco o steam a que nos habituou no primeiro bloco de três episódios?

Ora, o episódio desta semana passou-se no nosso mundo. Num mundo que, agora, se encontra em perigo eminente e sobre uma ameaça que, a cada dia que passa, se torna mais real.

Quando toda a operação envolvendo Altivia se vê comprometida por um Shapeshifter adormecido que sofrera um acidente e se encontrava, aparentemente morto, Newton é obrigado a agir para salvar aquilo que de mais precioso havia naquele corpo.

Ora, este nosso Shapeshifter não era mais do que um Senador reconhecido a nível nacional e internacional, estando já, no nosso mundo desde os primórdios da passagem de Walter e que tem vindo a adquirir bastante informação sobre a Fringe Division deste lado e as missões da Fringe Divison do outro lado… Não é por nada que Newton foi capaz de matar e colocar no activo um outro agente para conseguir aquele pequeno disco de informação e que colocava a guerra num outro patamar.

A investigação é, então, levada para a Massive Dynamic onde Walter descobre o local do segundo cérebro do Shapeshifter. Ainda luta com o polícia mas não consegue evitar o inevitável. O polícia devolve o disco a Newton que, numa perseguição, é obrigado a provocar um acidente para que Altivia lhe possa roubar o disco. Newton, então, quando chega à prisão comete suicídio para evitar qualquer tortura e revelação de algum segredo/missão que esteja em curso. Altivia consegue desviar as atenções do disco mas mesmo assim não evitou ser bastante desleixada nesta missão.

PONTOS IMPORTANTES

  • Mais uma vez, a tensão é constante durante os 45 minutos de “Fringe”;
  • As expressões faciais de Altivia, especialmente quando ela está no WC do restaurante. Priceless.
  • Sem Newton, como agirá Altivia agora?

A meu ver, “Fringe” teve um episódio bastante compacto com uma boa linha de história. Manteve a tensão mas não escondo o facto de ter desgostado deste episódio não só porque caiu um pouco na categoria “caso semanal” à lá segunda temporada bem como o caso se passar no mundo real e não ter aquele impacto. Para uma série que vai estar fora do ecrã até Novembro por causa do Basebol, foi um episódio um tanto ou quanto fraco sem um cliffhanger interessante.

About Jorge Pontes

Viajar é nascer e morrer a todo o instante, até porque é fácil apagar as pegadas. Difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Biblioteca

Calendário

December 2010
S M T W T F S
« Nov   Jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
%d bloggers like this: