//
you're reading...
Factos Audimétricos

Factos Audimétricos #1


Inicio, esta semana, uma rubrica relacionada com as audiências das séries que, por lá, fazem furor. Bom, pensando bem, nem todas o fazem mas andam nas bocas do mundo ou porque tem este ou aquele actor/actriz ou porque sofreu uma enorme queda a nível de valores de semana para semana.

Quanto ao canal The CW, “The Vampire Diaries” consegue ser, ainda, a série sensação do canal chegando, muito facilmente, aos três milhões de espectadores semanais. O episódio da semana passada foi o mais visto de toda esta nova temporada, tendo registado 3.58 milhões de espectadores. Quem também sofreu um acréscimo nas audiências foi “Smallville” e “Supernatural” que continuam a fazer parte do bloco de sexta e a chegar aos quase, 2.5 milhões de espectadores. É de notar que no passado dia 15 de Outubro de 2010, “Smallville” chegou ao primeiro lugar no horário, ultrapassando “Medium”, da CBS, em rating na classe 18-49. Por último, refiro, ainda, o flop de audiências que tem sido “Life Unexpected” (e, obviamente, não estou a considerar a sua qualidade enquanto produto televisivo). Atingiu, no passado dia 19 um novo mínimo da série chegando ao milhão e meio de espectadores.

Partindo para a NBC, é “Parenthood”, “The Event” e “Undercovers” que surgem na lista. A primeira não tem vindo a descer desde a estreia da segunda temporada tendo estabilizado, desde há 3 semanas para cá, numa fasquia inferior a 5 milhões de espectadores. A segunda perdeu já 6 milhões de espectadores face à sua estreia, descendo a cada semana que passa. Quanto à terceira, a vida não tem sido fácil; uma série light e interessante que, à quinta semana, está já abaixo da fasquia dos 6 milhões de espectadores.

Partindo para a FOX, quem surge é “Lone Star”, já cancelada e “Lie To Me”. Pelo que pude concluir, uma série assim tão complexa não devia ter estreado em canal aberto. Seria de esperar que, nem chegando aos 5 milhões de espectadores, a série sobrevivesse. Já “Lie To Me” tem feito uma performance demasiado pobre. Atingindo os mínimos da série, no passado dia 25 nem passou dos 5 milhões de espectadores.

Na ABC, a vida tem sorrido para “Modern Family” que, embora esteja a ter um opening de temporada um pouco diferente daquilo que nos habituou na temporada passada, não deixa de vencer a noite de quarta, tendo atingido ontem, os 13 milhões de espectadores. “Cougar Town” tem conseguido manter-se estável, surpreendentemente, chegando quase aos 8 milhões de espectadores que, na temporada passada, era uma fasquia inexistente. “The Whole Truth”, já cancelada, foi um completo flop. Qualidade alta e audiências baixas são duas variáveis de uma equação que mostrou ter uma solução real desde a sua estreia. “My Generation”, já cancelada, foi completamente abandonada pelos espectadores aquando do seu segundo episódio que foi visto por pouco mais de 4 milhões de espectadores, valores “inadmissíveis” para os padrões da ABC.

Por último, é a CBS quem surge no sistema. “The Big Bang Theory” está num novo horário mas conseguiu dominá-lo, rapidamente chegando quase aos 13 milhões de espectadores destruindo, por completo, Community da NBC. “Bleep My Dad Says”, que não foi muito aclamada pela crítica, começou com episódios menos bons e revela já, à quinta semana, maturidade e tal foi agraciado com os bons resultados que tem tido, após “The Big Bang Theory” retendo, do lead-in, pouco mais de 11 milhões de espectadores. Quanto a “CSI: NY” que passou, esta temporada, para as sextas, tem conseguido safar-se agarrando, ao ecrã, perto de 10 milhões de espectadores. “Blue Bloods”, que lhe segue, já estabilizou nos 11 milhões. Por último, falo de “CSI: Miami” que, esta temporada passou para o domingo. Embora esteja a fazer bem melhor que “Cold Case”, os resultados são mais fracos face aos que fazia às segundas-feiras.

Quero, ainda, fazer referência aos bons números que “Dexter” tem feito ao longo deste seu quinto ano. O episódio de domingo, dia 24, foi visto por quase 2 milhões de espectadores, uma vitória para um canal Cabo que pouca gente pode usufruir.

Depois de me deparar com estes valores pergunto-me se o público americano gosta tanto de ver sempre a mesma coisa… Não é por nada que séries como “FlashForward” ou “The Event” têm, praticamente, o mesmo comportamento de semana para semana, a nível de valores. Será que a fuga para o mais simples, o mais comum, é a melhor maneira de agir quando estamos perante um produto televisivo que foge aos nossos padrões habituais?

About Jorge Pontes

Viajar é nascer e morrer a todo o instante, até porque é fácil apagar as pegadas. Difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Biblioteca

Calendário

October 2010
S M T W T F S
    Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
%d bloggers like this: